2001 Uma Odisséia no Espaço e o turismo espacial de hoje

Postado por luizfilipecm - 05 d março d 2013

Mir

O turismo no espaço não tão novo quanto a gente imagina. O primeiro turista espacial foi um americano, Dennis Tito. Em 2001 ele foi ao espaço num foguete russo, Soyuz, e foi à Estação Espacial Internacional.

Em 1997, a NASA já tinha feito um estudo dizendo que enviar civis endinheirados ao espaço poderia ser um mercado de U$ 10 bilhões por ano. Claro que isso motivou várias empresas a investirem nisso.

Space Adventures anuncia desde vôos de gravidade zero a viagens ao redor da Lua.

A empresa mais famosa a fazer o turismo espacial é a Virgin Galactic, do bilionário Richard Branson.

Até mesmo a rede de hotéis Hilton já revelou interesse em criar um hotel na lua.

O problema é que essas viagens são bem caras. Pode reservar, pelo menos, uns U$ 20 milhões para garantir uma vaga. E o pior, não é aquele glamour todo que vemos em filmes.

Mesmo que já estejamos 12 anos atrasados em relação ao filme 2001, Uma Odisséia no Espaço, ainda estamos muito atrás do que o filme previa.

No filme, o destino era uma estação tão caprichada que tinha até um formato que faria com que tivéssemos a sensação de gravidade, mesmo no espaço.

2001estacao

Hoje, o que temos é a Estação Espacial Internacional. Que foi feita na base do puxadinho e dizem até cheirar mal. Além disso, possui muito mais espaço para painéis solares que para habitantes. Mesmo assim, é o único destino do atual turismo espacial.

ISS

Até aí, tudo bem, nem parece tão ruim. Mas quando continuamos as comparações, piora.

No filme, temos longos corredores, claros e organizados.

2001corredor

Na estação espacial, é tudo mais ou menos assim.

ISScorredor

No 2001, o quarto é de dar inveja à maioria dos hotéis cinco estrelas.

2001quarto

Já na estação espacial, nem quarto individual você consegue.

ISSquarto

Mas se você vai pro espaço, quer mesmo é tirar uma foto legal, com a Terra ao fundo, pra colocar no Instagram. Então uma janela seria o bastante. Na ficção é assim.

2001janela

Na vida real, a vista até é a mesma, mas a janela é bem mais acanhada.

ISSjanela2

Com um pouco de criatividade, você ainda consegue uma boa foto, olhando pro infinito, para colocar no seu Facebook.

ISSjanela3

Como um turista espacial precisa de uma fortuna para viajar, pode ser difícil ficar incomunicável durante a viagem inteira. Se o WiFi da estação funcionar bem, e você precisar responder um email, pode imaginar que vai ser bonito assim.

2001trabalho

Mas trabalhar lá, é mais parecido com isso.

ISStrabalho

Pessoalmente, se eu tivesse U$ 20 milhões para pagar por uma viagem dessas, usava pra comprar uma ilha particular. Ou esperava chegar mais perto do que o filme 2001 prometia. No mínimo esperava abrir um Hilton na lua.

Mas se você tem muita vontade ir para lá agora e não tem a verba necessária, pode aproveitar uma promoção e tentar a sorte. (infelizmente não é jabá, é só relevante mesmo)

Se você não ganhar a promoção, não se desespere. Ainda tem MUITO tempo pra você juntar seus U$ 20mi, até que seja realmente interessante ir ao espaço. Ou então você pode tentar virar um payload specialist e ir de carona em alguma missão estrangeira.

Só uma coisa, mesmo que tenhamos resorts sensacionais na lua, pensa duas vezes antes de embarcar numa nave com um robô chamado HAL9000.

HAL9000

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>